Vídeo-entrevista com Marcos Takamatsu

Que a velocidade da difusão das tecnologias de informação e comunicação está mudando a vida das sociedades contemporâneas não restam dúvidas. O que poderia levar horas ou mesmo dias agora pode ser feito em minutos.

Para citar um exemplo simples, se antes, agendar uma reunião de trabalho com fornecedores significava horas e dias a fio perdidos, hoje, é possível resolver a questão com mensagens instantâneas através do Twitter. É claro que para aproveitar essas facilidades e tornar isso possível é preciso fazer alguns ajustes em comportamentos e hábitos do cotidiano como estar conectado a internet e ligado a caixa de entrada e a timeline.

Apesar de todas as facilidades e muito comum a resistência das gerações mais antigas aos encantos das tecnologias. Parece que sentem falta da velha e boa conversa face the face. “Não consigo mais encontrar as amigas para jogar conversa fora como antigamente. Tudo tem que ser marcado com muita antecedência e é uma dificuldade conciliar as agendas de todo mundo”, diz Mônica Chaves, 50 anos, moradora de Belo Horizonte.

Para o jornalista Marcus Cardoso exemplos como o de Mônica lembra os resistentes à TV, quando na era do rádio; os resistentes ao celular, ao e-mail, à leitura de notícias na tela do computador. “Uma hora, todo mundo acaba se rendendo. Por necessidades práticas ou por precisar ser aceito em suas rodas”, avalia.

Segundo Cardoso o Twitter é uma das plataformas do futuro. E além de rede de relacionamento pode ser um feed de novidades, um “celular”, um messenger, um e-mail, um controlador/mediador de outros aplicativos/softwares e até ações no mundo offline.

Ele apenas faz uma ressalva quanto a maneira ideal de utilização da ferramenta. “Estipular regras é uma das crueldades do ser humano. É como perguntar se há maneira ideal de usar um carro. Há quem use só para ir ao trabalho ou só para passeios. No Twitter, é a mesma coisa. Tem aqueles que usam para “tricotar” publicamente, há quem use para se promover e tem aqueles que não tuitam nada, mas seguem todo mundo que fala coisas e novidades de seu interesse.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: